quarta-feira, 30 de setembro de 2015

EMANOEL VIANA: REGISTRANDO ....

EMANOEL VIANA: REGISTRANDO ....: É para não esquecer. Leio nos jornais que uns médicos, filhos de sócios de um Hospital, fizeram convenio, em nome deste hospital, para com...

REGISTRANDO ....

É para não esquecer. Leio nos jornais que uns médicos, filhos de sócios de um Hospital, fizeram convenio, em nome deste hospital, para comprarem carros Audi por preços diferenciados, a menor. Está no Jornal Pequeno, a nota, a foto dos médicos com copo na mão. 

Estupidez. Pensei que os médicos deveriam ser divulgados por salvarem vidas, pelos cursos de especialização, pelas novidades testadas no ramo da medicina.

Mudou eles ou mudei eu?

Leio que as praias de São Luis estão todas IMPRÓPRIAS para banho humano (de animal também) da Ponta da Areia à Raposa. Está no Jornal, Edital pago toda sexta e sábado, ou sábado e domingo ou em outros dias, são dois editais por semana, pago pelo governo do Maranhão para um único jornal, o jornal pequeno. É o mapa de balneabilidade das praias de São Luís, assinado pela Secretaria de Meio Ambiente do Estado do Maranhão.

Aí você vê a propaganda de jogos de verão, corrida na praia, limpeza das praias por escolas, casarão alugado na praia para o corpo de bombeiros. Se não tem praia, se são impróprias, o melhor não seria isolá-las??

O jornal noticia que a belissima Cecília Leite vai inaugurar a Quarta Cultural no palco da Assembléia Legislativa do Maranhão. Agora, toda quarta, às 16 horas, haverá show no Auditório Neiva Moreira. A Assembleia Legislativa funciona de um lado e o show do outro. Interessante. Falta de vergonha e do que não ter o que fazer. A função de um legislativo é fazer leis, fiscalizar suas aplicações e não ter televisão, show, casa de apoio etc... é uma forma de gastar dinheiro com os amigos, roubar, desviar recursos.

Pobre legislativo maranhense.

E mais, vejo que tem deputados que já passaram por ali ou estão ali ou cedidos em secretarias que querem ser prefeitos de São Luis. Nunca fizeram nada, não tem experiencia em coisa alguma, apenas se destacaram em alguma área. Fico imaginando se um deputado integrante ou presidente da Comissão de Direitos Humanos ou parecido, se candidatar a Prefeito de São Luis.

No estacionamento principal, na entrada do prédio da Assembléia, não tem uma vaga para deficiente, vaga para idoso, sinalização para deficientes visuais. E os filhos da puta querem ser prefeitos.

Triste fim da capital de São Luís.

Jornal informa que o filho do Governador Pedro Neiva de Santana, ex deputado federal Jaime Santana foi nomeado para o Conselho Fiscal da GASMAR ... é uma empresa de Gás do Maranhão que nunca funcionou. Cabide de emprego. Amigos é para isso, mormente do governador Dino e seus seguidores.

O Procon Maranhão foi divulgado na época do Leal, depois na época do Felipe Camarão, agora no gestão do Duarte Filho. Muito publicidade e pouca ação. Exagera nas suas funções e obedece quem não entende de relações de consumo ou leis de defesa e proteção ao consumidor, que envolve também direitos dos produtores e fornecedores. Procon não pode fazer uma série de atos, e só pode fazer na área administrativa.  Interditar estabelecimentos comerciais, nem pensar, salvo se depois de avisos administrativos e determinações judiciais. Portaria do procon e papel higiênico, este último tem mais utilidade.

Vejo que o MPF, a Policia Federal, a Policia Estadual, o Judiciário Federal e Estadual, todos em redor da prefeita de Bom Jardim, a lindissima Lidiane. Deve ser pela beleza dela ou pelo fato de ter sido divulgado em rede nacional.

O MPF diz que .... diz o quê? As invés de mandar refazer inquéritos mal feitos pela policia federal e alguns delegados, ao invés de saber o que acontece com as verbas públicas nacionais ou mesmo com os bingos, como o MARACAP ... se preocupa em acomodações de uma pessoa detida por pouco tempo. Vão procurar o que fazer....

Acho que só, por hoje, fica o registro para a posterioridade.

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

EMANOEL VIANA: DE VOLTA À ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO MARANHÃO, COM...

EMANOEL VIANA: DE VOLTA À ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO MARANHÃO, COM...: Dia 24 de setembro de 2015, manhã por volta das 11 horas, deixo o Escritório, dirigindo o meu carro, e me desloco, com um Advog...

DE VOLTA À ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO MARANHÃO, COMO VISITANTE







Dia 24 de setembro de 2015, manhã por volta das 11 horas, deixo o Escritório, dirigindo o meu carro, e me desloco, com um Advogado novo, ao prédio da Assembléia Legislativa do Maranhão, ali no Rangedor. Ainda bem que seria caminho para minha casa, estou morando no Quintas do Calhau.

Explica-se: marquei no dia anterior, com um Secretário de Estado do Governo Flávio Dino para conversar com ele, informalmente. Aí ele disse que estaria na Assembleia entre 10 e 12 horas. Fui, o interessado sou eu em empregar um Advogado Negro que, por questões outras, não consegue se colocar, apesar de ter boa experiencia, responsabilidade e não ter conseguido ser aprovado em concurso público, se bem que só tem 6 meses de OAB.

Cheguei, passei pelo portão principal e me dirigi à Entrada principal. Procurei vaga de Idoso, não tem ou de autoridades, de convidados, de Deputados Constituintes, enfim não, mas havia, nos cones, uma vaga que ficaria com a frente um pouco mais na entrada, nada que impedisse o uso da entrada que tem 4 portas grandes. 

Aí vem um filho da puta, deve ser um militar que fica à disposição da Assembléia para não trabalhar, receber gratificações e gorjetas. Disse-me: aí não pode, é do presidente. Grande merda. Tudo bem, desci, voltei novamente e imprensei, entre um e outro, meu carro.

Entrei e encontrei o Jornalista Alvaro, cada vez mais magro. Aí ele fala: o homem que não engana e eu pergunto, onde é o plenário? Ele me indica, e entro. Cheio, entupido, e pelo discurso era entrega de titulo de Cidadão Maranhense.

Tudo quanto é filho da puta, não é o caso de hoje, recebe isso, só eu que não tenho? Explico, nasci em Flores, hoje Timon, mas registrado em Teresina, no Piauí, legalmente sou Piauiense.

Olhei tudo, vi o imortal Sebastião, vi o Azolini, vi a matriarca do jornal pequeno, vi a jornalista Silvia Teresa, mais madura, mais mulher, com os dentes corrigidos e bem atraente. Falo com ela e pergunto pelo dito cujo. Não viu, viu outros.

A sessão está sendo dirigida por um rapaz novo que não reconheci, fui obrigado a vir no google para procurar, tratava-se de um Cidadão do Interior que está substituindo o Edivaldo Holanda, o Deputado Toca Serra. Menino novo mas muito bom, bem competente, educado, um pouco nervoso, mas excelente para quem não é deputado e está apenas 60 dias no poder. Gostei do rapaz, vai longe.

Aí discurso do Lúcio Cunha, administrador do Ceará, hoje metido com negócios de seguros. Foi professor da FESM/UEMA, o conheci lá e o chamo de Professor Lúcio Cunha apesar de não ter sido meu professor. Gosto dele como Cidadão.

Depois veio o discurso do Otelino Neto homenageando o garoto Duarte Junior, carioca, dirigente do Procon. Falou demais. E, como sempre, elogiou o Governo Flávio Dino.

Neste período resolvi ir para falar com o diretor Bráulio Martins que estava detrás da mesa diretora, ali encontrei também o Bandeira. Batemos longo papo e me informou que o dito cujo estivera lá mais havia saído pois o assunto (dele) seria com a AL normal e não festiva.

Reclamei que não recebi até hoje nenhuma Medalha do Legislativo, nem o tal título de cidadão. Aí termina a festividade. Todos batendo fotos, rindo etc...


Falo com o Felipe Camarão que respondeu de maneira fria, rápida. Também que há de fazer? 

Considero-me Amigo de Rita e Phill Camarão, o filho não é obrigado a fazer festa. Tudo bem, que viva sempre o nobre procurador federal e secretário de Estado do Maranhão. 

Aí o Deputado José Raimundo, agora jornalista novamente, vem me ouvir. Falei alguma coisa sobre a festividade.

Desço, antes porém encontro do Otelino Neto,colega de meu filho em tempos idos, e filho do meu Amigo e Irmão de Safadeza, de Bebida, de Angústia Otelino Filho. Falei de maneira seca mas séria, sem secura, recebeu o currículo do Advogado e meu deu o seu telefone celular. Tudo bem. Que continue a viver bem, ninguém é obrigado a chamar de Tio embora o considerasse como Sobrinho, embora nunca nos tenhamos nos tratado assim, mesmo quando aparecia pelos programas de TV que Chico Viana e Eu apresentamos ao longo de tempo, em especial na TV Sao Luis quando apareceu mais.

Desci.

Falei com o Deputado Inácio, do PT, do Incra, educado, atencioso, até bem vestido, diferente da impressão que passa nas imagens da TV, pensei em um moreno mal vestido, sem saber falar, atrapalhado. Gostei, vai longe este menino.

Saí, na saída, os mesmo cones na entada, que não tem vagas para deficientes, nem para idosos, nem para autoridades, nem para Deputados Constituintes e o presidente invisível mais o carro invisível não estavam lá, passei pelo meio para constatar... e os babões sentados no canto... os tais policiais...



É isso, tinha que relatar.

Obrigado pois ao Jornalista Álvaro, à Jornalista Silva Teresa, ao Diretor Bráulio, ao Assessor Bandeira, ao Deputado Jornalista Zé Raimundo Rodrigues, e ao Deputado Otelino Neto pela atenção. Ao Procurador Federal Felipe Camarão pelo cumprimento e duas palavras trocadas a três.

Enfim, essa foi minha visita à Assembléia Legislativa do Maranhão. Dá vontade de voltar, como Deputado, como Presidente daquela Casa ... para fazer algumas modificações. 

Ah... ia esquecendo, não vi aquelas figuras chatas, na TV, mas essenciais, os tradutores de LIBRAS, não tinha nenhum presente.

E deputados só tinha o Otelino, o Toca Serra e o Inácio... ou os homenageados não valem nada ou os deputados não gostam de aparecer dia de sexta feira....


quinta-feira, 24 de setembro de 2015

EMANOEL VIANA: ... MINHA CIDADE DE SÃO LUÍS

EMANOEL VIANA: ... MINHA CIDADE DE SÃO LUÍS: Planeta Terra, ou Terra 1, América do Sul, Brasil, Maranhão, São Luís do Maranhão. O Brasil ainda tem 27 Estados, começa no Acre e termi...

... MINHA CIDADE DE SÃO LUÍS


Planeta Terra, ou Terra 1, América do Sul, Brasil, Maranhão, São Luís do Maranhão. O Brasil ainda tem 27 Estados, começa no Acre e termina no Rio Grande do Sul. O Maranhão começa em Carutapera, Godofredo Viana e termina no Alto Parnaíba, Estreito. São Luís é um dos quatro municípios que forma a chamada Upaon-Açu. Estamos no ano de 2015, ano Cristão Católico Ocidental. Situados? Vamos lá!

Cheguei nesta Cidade, vindo de Timon, na década de 60. Chovia todo dia depois do Almoço, alcancei ainda o bondinho. Para ir para a Ponta da Areia só de barco ou pelo Olho Dágua com a maré baixa, pela areia. A cidade praticamente era o Centro e chegava no Anil passando pelo Monte Castelo e o João Paulo. Avenida Kennedy, Avenida dos Africanos, Anel Viário, Ponte do São Francisco, Ponte da Camboa, todos apareceram. 

Tanta coisa mudou.

Barragem do Bacanga, Anjo da Guarda, Vila Embratel, eixo Itaqui Bacanga tudo era mato. Aliás quase tudo era mato. Não vou declinar, mas vi nascer todas as invasões que viraram bairros em São Luis.

Vi sumir a elegância, a educação, o prazer de viver na cidade. Passei pelo caldo de ovos do Zé Maria na Praça João Lisboa, pelo salão de danças da Boate Cristal na Zona do Meretrício, vi o Moisés, vi o Bigorrilho, vi o baile de máscaras, vi tanta coisa. 

Mas, passado é passado.

Se fosse Prefeito hoje, o que faria?

A primeira providência é fazer o mapeamento da Cidade, onde começa e onde termina a Cidade de São Luís, a Cartografia Oficial dos Limites do Município em relação aos demais da Ilha.
Vai anotando.

Segundo, a nomenclatura dos logradouros públicos, avenidas, praças, ruas, rios designando com o nome de pessoas que contribuíram de alguma maneira com a Cidade, acabando com duplicações, suprimindo de pessoas vivas ou desagradáveis, nomes pejorativos ou depreciativos, numerando todos os imóveis.

Terceiro, atualização da Lei Orgânica do Município, do Código de Postura, Zoneamento, Leis Municipais, incluindo aqui o Código Tributário com tributos diferenciados para cada tipo de área e de população.

Quarto, identificar todos os bens públicos, como Escolas, Secretarias, Fundações, Imóveis, Veículos, todos com a cor da bandeira do Município de São Luís. E o número do telefone para Ouvir o povo, a Ouvidoria Municipal.

Quinto,
Estabelecer em 15 o número máximo de Secretarias para dirigirem os assuntos que dizem respeito ao Município, aglutinando atividades e diminuindo custos. No mesmo estabelecimento, acabar com veículos oficiais, telefones celulares para assessores. Cargos de assessoramento, no máximo em 2 mil, pessoas sem concurso público para ajudar na máquina administrativa. Horário de funcionamento de 8 às 18 horas, sem intervalo para almoço de toda a estrutura prefeitural.

Sexto. Rever todas as cessões de espaço público, incluindo igrejas, ongs, associações, autoridades etc.. para redirecionar ao povo, indenizando as benfeitorias por ventura feitas
.
Sétimo. Os alvarás de funcionamento e alvarás de construção passarão por um setor centralizado, talvez uma Secretaria de Planejamento e Coordenação Urbana para liberar depois de analisar o impacto meio ambiental, impacto de tráfego e trânsito, de impacto de vizinhança, de valorização da via, enfim, nenhuma atividade economica ou social funcionará sem que a Prefeitura se pronuncie, inclusive as não economicas ou isentas, como Igrejas, ongs. associações, partidos políticos....


Acho que chega, por aqui, tem mais, mas cansei.

Abraços a quem ler.


...

sábado, 19 de setembro de 2015

EMANOEL VIANA: ONDE TEM E ONDE NÃO TEM ....

EMANOEL VIANA: ONDE TEM E ONDE NÃO TEM ....: Comecei ontem, estava quase no fim, esqueci e desliguei o computador, é um assunto sem nenhuma motivação, para encher o saco, tipo charada,...

ONDE TEM E ONDE NÃO TEM ....

Comecei ontem, estava quase no fim, esqueci e desliguei o computador, é um assunto sem nenhuma motivação, para encher o saco, tipo charada, vamos lá:
Tem no Assunto ...
Tem no Computador ...
Tem no Executivo ...
Tem no Judiciário ...
Tem no Supremo ...
Tem no Tribunal...
Tem no Fórum ...
Tem na Justiça ..
O juiz tem...
O desembargador não tem ...
Tem na Injustiça ...
Na seriedade e honestidade não tem...
Tem na Luxúria ...
Tem no Luxo...
Tem no Homossexual ...
Tem no Masculino ...
O homem não tem ...
A mulher tem ...
Tem no Futuro ...
Tem no Sucesso ...
O fracasso não tem ..
O cú tem ou no Anus
A buceta tem ou na Perseguida...
O pau tem...
Tem na Putaria ...
Tem na Puta ...
Tem na Bulgária ...
Tem na Rússia ...
Tem no Piauí ..
O Maranhão não tem ...
Tem no Mundo ...
Tem no Universo ...
Jesus tem...
Deus tem ...
Os Anjos não tem ...
O defunto tem..
Tem no jumento ...
Tem no burro ...
O cavalo não tem ...
O deputado tem ...
O vereador não tem ...
O larapius tem...
O ladrão não tem ...
O automóvel tem
A Dilma não tem...
O Lula tem ...
Alguem tem ..
Ninguém tem...
Tu tens ...
Ele não tem ...
O cemitério não tem
O defunto tem ...
Na minha casa só Lucia tem ...
Eu, Alex e Fernanda não tem ...
A Rubenita tem
O Melquisedeque não tem
A cúpula tem
A base não tem...
A Riqueza tem ...
A Pobreza não tem ..
E imortalizando o facebook ...
A Zuila tem
A Lourdes tem
A Aulinda tem ...
A Valteísa não tem ...
A Raimunda e o Josué tem...
O Mário não tem ...
O Manuelzinho tem..
O Raimundo tem ..
A Lourdes, de novo, agora Viana,  tem ...
A Larissa, a Patrícia e a Brena não tem ..
A Lídia não tem
Mas a Musângela tem ..
O Augusto tem
A Solange não tem ..
A Kakau e a Cláudia tem ...
A Globo, a Bandeirantes, a Record, o SBT não tem
A Educativa tem ...
Portugal tem
Joaquim e Manuel tem ...
O câncer não tem
A tuberculose tem ...
Eu tenho, Tu tens, Ele não tem..
E para imortalizar os amigos do face ...
Raimundo e Manuelzinho tem ...
A Larissa, a Patricia e a Brena não tem...
A Lídia não tem...
A Musangela tem ...
A sobrinha simpática e complicada Lourdes, agora Viana, tem ..
A Valteísa, também sobrinha não tem ...
A Raimunda e o Josué tem ...
A Zuila, a Aulinda tem ...
A Moema e a Célia e a Silvia não tem ...
e o que mais?
Cansei não tem...
Fim não tem ...
Solidão não tem ...
Mas a letra U nos acompanha e tem nos tem
e não tem nos não tem ...







..
.

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

EMANOEL VIANA: O TEMPO

EMANOEL VIANA: O TEMPO:                         Ah... o tempo!                     O tempo é o senhor da razão. Dê tempo ao tempo e o tempo dirá. E as...

O TEMPO



             

          Ah... o tempo!

                    O tempo é o senhor da razão. Dê tempo ao tempo e o tempo dirá. E assim vai. O tempo sempre está presente na vida da gente. É o tempo que regula o tempo. O tempo marca a vida. O tempo marca a morte.

                    O tempo, em física, se me lembro, é o espaço divido pela velocidade. Em química é o tempo da mistura, da maturação dos elementos Em direito é o período em que se exerce o direito, depois do tempo há a prescrição ou a decadência. Em todos os ramos da Ciência há o tempo. É só procurar.

                    Em política, o mais importante, é o tempo das eleições. Para outros é o tempo do mandato. Para o povo é o tempo em que foram feitas as realizações em seu benefício.

                    Há tempo para todo o tempo. Tem tempo de nascer. O tempo do parto, do nascimento, dos primeiros cuidados. Tempo de mamar, tempo de registrar, tempo de ensinar, tempo de assistir. Tempo da criança, do aprendizado, das quedas, das correrias, dos gritos e alegrias. Tempo da adolescência, da rebeldia, do não pelo não.

                    Tempo de adulto, do primeiro emprego, do vestibular, do curso superior, das especializações, dos pós, dos doutorados. Tempo do casamento ou da junção. Tempo da maturidade, da casa própria, das viagens, das realizações. Tempo da velhice, tempo da espera da morte, tempo da reflexão, tempo das memórias e recordações.

                   Tempo das doenças, dos consultórios, dos exames, dos médicos, dos hospitais, das internações, dos prazos e da conformação. Há tempo em que não se tem mais tempo.

                       Tem tempo para todo o tempo.

                       Tem tempo para tudo. Tempo para amar.
                    Tempo de conhecer, de ver, olhar, conversar e começar a gostar. Tempo de gostar e de fazer gostar. Tempo dos mimos, das primeiras experiências. Tempo do amar. Tem tempo para deixar de amar. Tempo de odiar. Tempo de rejeitar. Tempo de solidão. Tempo da conformação. Tempo de lembrar o tempo.

                    Tem tempo para plantar e para colher. Tem tempo para se lembrar do tempo antigo. Tem tempo para a gente pensar no tempo que vem, no futuro do tempo ou no tempo no futuro.

                    Tem tempo em que não há tempo.



                    Fim do tempo.